quarta-feira, 22 de agosto de 2012

VEM AÍ A EDIÇÃO IMPRESSA DE OJR,M DE AGOSTO.2012

 Você vai ver na próxima edição de O JORNAL DE RECREIO,Minas ( edição de Agosto/2012) que estamos em fase de conclusão:


O jornalista Edi Prado faz um comentário sobre os quintais de sua infância depois de ler artigo do Armando da ediçãode julho/2012 e também














comenta a coluna CERTO E ERRADO falando sobre os orelhões que atrapalham e que não funcionam em Recreio,Minas.



















O compositor e cantor Anibal Werneck também comenta Hepatites e fala sobre outros artigos de OJR,M de julho/2012 .













Cristiano Ribas , em SAÚDE comenta as diversas doenças que estão no grupo das  Hepatites, escrevendo a parte 2 destea ssunto.

















Ainda tem outros focos de problemas na cidade como no caso das farmácias de plantão .












E as formas de propagandas proibidas no município pelo Código de Postura Municipal que continuam sendo praticadas.











domingo, 19 de agosto de 2012

O JORNAL DE RECREIO,Minas

ANO XLIV-Nº 604-31 de julho de 2012-Recreio,Minas Gerais-Diretor:Marco A. W. Freitas-R$ 2,00

OJR,M - julho/2012 - p 1




ATINGIDOS PELA UHE BARRA DA BRAÚNA CRIAM ASSOCIAÇÃO

                Com o objetivo de analisar a possibilidade de revisão dos valores pagos a títulos indenizatórios a algumas pessoas por parte do empreendedor da UHE Barra do Braúna , realizou se na sede da APAE, em Recreio, no dia 30 de julho, à noite, um encontro  que contou com a participação de dezenas de pessoas para a criação da ASSOCIAÇÃO DOS ATINGIDOS PELA UHE BARRA DA BRAÚNA.

                O número de participantes da Associação  ainda está indefinido, pois o prazo para entrarem na associação ainda não terminou. Uma reunião da diretoria que deve acontecer nos próximos dias deverá agendar a data da próxima reunião.  (VEJA NOSSO EDITORIAL NA PÁGINA 2 DESTA EDIÇÃO).




OJR,M -Julho/2012 - p 1


SECRETARIA DE SAÚDE DE RECREIO AINDA NÃO DIVULGOU O NOVO ORGANOGRAMA DE ATENDIMENTO DO PSF

                Na edição anterior de OJR,M (Jun/2012) publicamos reportagem sobre o PSF (Programa Saúde da Família) quando o Coordenador do PSF de Recreio, Henrique Meira informou sobre as Unidades Básicas de Saúde do Município (cidade e distritos e povoado) falando sobre as áreas de atendimento de cada posto,

 PLANTA CADASTRAL DO MUNICÍPIO DE RECREIO para ser usada no organograma de atendimento do PSF em Recreio,Minas





                Na reportagem o Secretário de Saúde Municipal Diego Pena disse que em breve divulgaria um organograma com os horários e a nova política de atendimento implantada no serviço público na área  da Saúde. Disse ainda que seria realizado juntamente com isso uma Campanha de Conscientização para melhor entrosamento entre atendentes (médicos, enfermeiras e demais funcionários ) e clientela . Até o momento em que fechávamos esta edição, a Secretaria de Saúde Municipal não tinha ainda iniciado a Campanha e nem divulgado para a nossa reportagem qualquer iniciativa nesse sentido.

VEJA NA INTERNET A REPORTAGEM COM AS ÁREAS DE ATENDIMENTO E FUNCÇÕES DAS UBS :



Agendamento de consultas do SUS em Recreio,Minas
       muda de horário devido a reclamações postadas
                                        em RADIANTE RECREIO
             Agora os atendimentos para marcar consultas nas UBS de nosso município são feitas em horários que vão evitar que as pessoas fiquem em filas durante madrugada.Na Unidade Básica de Saúde Dr. Ruimar Costa de Azevedo, no Planalto, o agendamento que era feito na parte da manhã agora é na quinta-feira, a partir das 13 horas. A Secretaria Municipal de Saúde ficou de enviar em breve para a redação de OJR,M todos os horários dos atendimentos das agendas e consultas de todas as Unidades Básicas de Saúde do Municípío.
            Nenhuma autoridade relacionada com a área de saúde pública confirmou , mas acredito que os comentários postados em nossos sites RADIANTE RECREIO e o PORTAL RECREIO MINAS ( também da empresa Editora Radiante ) e também republicados em nosso O JORNAL DE RECREIO,Minas tenham contribuídos para a mudança.




OJR,M-julho/2012- p 1


Recreio de Boa Memória(*)

O FESTIVO DIA 27 DE JUNHO

                                                                                     Por A de Antônio

(*) Recreio de Boa Memória – projeto/programa criado por MAWF , na Campanha década de 1990 pela ARPC-Rádio Comunitária 106,5. ( LEIA O Artigo AQUI OJR,M )

Participe na internet do projeto RÁDIO FM 106,5 – NOSSA COMUNITÁRIA - http://106-5.webnode.pt/


Coluna do Edi



O assessor sim senhor



                                                                                                                                    Édi Prado



            Por definição clássica, o assessor é o assistente, adjunto, auxiliar; coadjutor; ajudante. Pessoa colocada como adjunto ou assistente ou participante de funções de outrem. Mas deve estar havendo a inversão de função. O assessor, talvez por desconhecer o significado da função, o princípio, ou não está preparado para o cargo, figura muitas vezes, como o personagem mais importante que o assessorado. E quase sempre é uma barreira de acesso ao assessorado. Na verdade o assessor está sendo o algoz que tira a liberdade e apaga os holofotes, para poder conduzir o assessorado em direção ao ostracismo, quando ele ainda é o ator principal.



            O assessor faz quase tudo o que não deveria e se esquece de preparar para cumprir com a função dele, que é o de assessorar, informar, subsidiar com informações inerentes às atividades profissionais dele. É quase como o dar o passe perfeito para o gol. A relação com a imprensa se complica ainda mais, porque ao esmerar-se em proteger o chefe cria tantas dificuldades que fica mais cômodo pautar outra pessoa. O pior é quando mais se precisa ouvir uma declaração ou até mesmo conceder a oportunidade de defender-se durante o ataque, o assessor informa que ele não pode atender por estar em eternas reuniões ou pede para “passar amanhã”. Só que amanhã a imagem já estará manchada e tarde demais. E muitas das vezes o chefe nem sabe o que está se passando, porque as informações não chegam ou chegam distorcidas ou muito torcidas, quando a realidade é catastrófica e bem avessa a que chega, quando era mais prudente prevenir do que tentar remediar.



            As notícias dos meios de comunicação estão fartas de exemplos. Como a de um prefeito de uma grande capital, por estar blindado contra informações desconfortáveis, resolveu visitar um bairro onde a imagem dele era o símbolo do descaso. O assessor não pode impedir a constrangedora situação e ganhou, como brinde, algumas ovadas no paletó impecável. Ficou com a imagem literalmente suja e mal cheirosa. Situação que poderia ser evitada se houvesse preocupação com o protegido dele e com ele, mesmo.



            O bom assessor não é o que “filtra” a notícia. É o que leva junto, sugestões para contornar a situação, depois de ouvir outras pessoas mais experientes. Mentir é desaconselhável. Haverá sempre alguém para instigar e “esticar” o assunto. Assumir o erro e garantir o reparo afasta especulação e dá o assunto como encerrado, aconselham os consultores, depois de passar por situações embaraçosas. O assessor que se preza e pretende se manter no cargo, não deve jamais se incompatibilizar com a imprensa nem deixá-lo sem informações, nem que seja sobre outro assunto interessante. Chá de banco nem pensar. Cada repórter tem, no mínimo três pautas. E se a espera for a causa do repórter “furar”a pauta dele fique certo de que o assessorado não terá tratamento “vip” no primeiro tropeço.



            O assessor deve ter uma relação de camaradagem com a imprensa; facilitar ao máximo o trabalho do repórter. Garantir o acesso para fotos e imagens, quando o encontro não for aberto à imprensa. Nada de exageros nem protecionismo. O que está ocorrendo e de forma ostensiva são assessores cão de guarda rosnando para a própria sombra. A continuar assim, não se queixe que a imprensa não dá importância ao assessorado, a empresa ou o órgão que ele representa. O problema pode está sendo você, assessor, que não compreendeu que não é o astro. Apenas um lanterninha que conduz o assessorado para a poltrona individual e indivisível.

OJR,M - JULHO/2012 - p 1



                DISTRITOS E POVOADO AINDA SEM

                PONTO DE ENTREGA DOS CORREIOS

                Os moradores de Conceição da Boa Vista, Angaturama e do povoado de Barreiros continuam sem o seu Posto de Atendimento dos Correios. A cidade continua contando com apenas um carteiro para entrega das correspondências simples.

                O JORNAL DE RECREIO,Minas continua a disposição dos moradores dos distritos e do povoado para solicitarem dos poderes públicos e dos Correios  instalação de pelo menos um ponto de entrega ou envie sugestões para uma solução para o problema. Há mais de 10 anos que foram extintos os Postos de entrega das correspondências nos distritos .

                Envie seus apelos/sugestões ou qualquer comentário a respeito deste assunto para o e-mail anoradiante@yahoo.com.br , ou para O JORNAL DE RECREIO,Minas , Rua Francisco Portela, 102, 36.740-Recreio,MG.

SAÚDE - OJR,M,julho/2012 p 2

por Cristiane Ribas

HEPATITE

                                        1ª parte


         É uma inflamação do fígado, mais comumente causada por vírus, quando então recebe o nome de hepatite viral - mas que também pode ser provocada por uso de alguns remédios, álcool e outras drogas e por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São cinco os principais tipos de hepatite viral: A, B, C,D e E. No Brasil, as quatro primeiras são as mais frequentes.

As hepatites virais podem ser separadas em dois grupos, de acordo com sua forma de transmissão. No primeiro, encontram-se as hepatites A e E, transmitidas de modo fecal-oral - por meio de água ou alimentos contaminados pelo vírus.

Esse mecanismo de infecção está relacionado às condições socioeconômicas, de saneamento básico e de higiene pessoal.

No segundo, o das hepatites B,C e D, a transmissão é sanguínea: por transfusão de sangue ou hemoderivados, hemodiálise e procedimentos cirúrgicos e odontológicos em que não se aplicam as normas de biossegurança: da mãe para o filho durante a gravidez e parto: pelo contato sexual: e por compartilhamento de material contaminado para uso de drogas, higiene pessoal ou aplicação de tatuagens e piercings.

Hepatite A - Também conhecida como hepatite infecciosa, é transmitida de pessoa para pessoa, por meio de água, alimentos e objetos contaminados pelo vírus ou por mãos mal lavadas e sujas de fezes. Quando surgem, os sintomas mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos, febre, dor abdominal, pele e ollhos amarelados, urina escura e fezes claras, de 15 a 50 dias. O diagnóstico é por exame de sangue específico. A hepatite A, costuma ter evolução benigna, não deixando sequelas.Mais grave em adultos, pode causar insuficiência do fígado e ser fulminante - o que acontece em menos de 1% dos casos. A doença é totalmente curável quando se segue a recomendação médica.

A melhor forma de se evitar é melhorando as condições de higiene e saneamento básico: lavar as mãos: beber água tratada, higienizar alimentos que serão ingeridos crus ou cozinhar bem os alimentos, principalmente frutos do mar e carne de porco; lavar adequadamente pratos, copos, talheres e mamadeiras; não tomar banho ou brincar perto de valões, riachos, chafarizes, poças; evitar a construção de fossas próximas a poços e nascentes de rios.

O SUS disponibiliza vacina específica contra o vírus causador da hepatite A, mas esta só é recomendada em situações especiais, como para pessoas com outras doenças crônicas no fígado ou que fizeram transplante de medula óssea. Aqueles que já tiveram hepatite A, apresentam imunidade para a doença mas não estão livres de contrair as outras hepatites virais.



Segue na próxima edição.


EDITORIAL - OJR,M , julho/2012 p 2


Atingidos pelas BARRAGENS



No dia 30 de julho/2012 entre 18 e 22 horas,  aconteceu uma reunião na APAE  em nossa cidade com o objetivo de criar uma Associação de defesa dos direitos dos Atingidos pelas águas da Barragem da UHE Braúna.

                 Infelizmente  os responsáveis diretos por iniciativa desta natureza de Defesa de Direitos dos que perdem se contracenam com o direito de outros (com mais recursos financeiros e com mais apoio dos líderes políticos ) e não encontram, assim, o apoio necessário e suficiente para realizar a ideia  de ter o seu órgão direto  de defesa e de reclamação de seus interesse lesados, tendo ainda que carregar a ideia de medo que fatalmente passa a configurar no contexto da demanda.

                Há ainda o fato já comprovado em experiências anteriores de situações como essa , aplicada pelos realizadores desse aparente sonho  dourado de que a realização de certos empreendimentos como o  de  uma Usina Hidrelétrica trazem mais benefícios e que realmente preenchem o tão sonhado  desejo de empregos e de progresso para o lugar onde será instalada a Barragem. Mesmo sendo apenas empregos temporários e progresso passageiro  durante a construção da Barragem, a mídia que se cria é mais forte do que a fala daqueles que tentam provar, sem o apoio da mídia (pois não tem dinheiro e nem união ) de embargar já de início o projeto , não aceitando nenhuma proposta de contrato aparentemente milionário . Mas infelizmente todos aqueles mesmo sendo em maioria, desprovidos de mais informações ou até mesmo de recursos materiais e com nenhuma educação sobre o que é sustentabilidade e valorização do ecossistema , se deixam levar pela glamour do momento e  iludidos acham que seja uma solução, e vendem seu patrimônio por um preço a princípio tentador e com certas vantagens que não chegam a ser realizadas depois de consumada a sua adesão.

                Infelizmente, mesmo com diversos artigos, reportagens da grande e pequena imprensa, internet e ainda movimentos  de passeatas , debates, reuniões  comunitárias e outros encontros e atos públics de repúdio a ideia, no início , a realização da obra, o produto-objetivo é erguido mesmo ainda com muitos documentos legais e realização de fatos de revitalização da natureza ainda  pendentes . Não se sabe como, com um jeitinho aqui e outro jeitinho ali, uma minoria vence uma maioria.

                Espera-se que numa próxima oportunidade,  quando se falar em construção dessa ou daquela obra, seja barragem, USINA HIDRELÉTRICA ou outra dessas temeridades haja mais consenso e união entre os que terão que sair de seus lugares e de seus princípios e que se prevaleça  a ideia de que não vale a pena e nem se justifica que se passe por bobo uma grande maioria de pessoas , acreditando naquilo que não se pode oferecer e que não se pode cumprir e ainda não aceitar como os próprios maiores interessado nos frutos da semente plantada não se sirva dos outros meios alternativos que já existem para encontrar  o tão necessário produto.

Marco Antônio W. de Freitas

OJR,M - julho 2012 - página 2


NOTÍCIAS DA CÂMARA






Mais uma vez dei uma passadinha pela Câmara Municipal de Recreio e anotei a pauta das reuniões deste mês. Como sempre só estão lá as pautas e nenhum edital, projeto, informando de forma transparente o trabalho dos edis de Recreio,Minas.

PAUTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO DIA 5 DE JULHO DE 2012

ASSUNTO..........................................................................................AUTORIA

1 – Parecer da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final

       referente ao Projeto de Lei nº 1209/2012 – Bullying .................Comissão



2 – Parecer da Conjunta de Comissões referente ao Projeto de

      Lei Nº 1210/2012 –Subsídios dos vereadores .............................Comissão



       Parecer da Conjunta de Comissões referente ao Projeto de Lei

       nº 1211/2012 – Subsídios Prefeito, Vice e Secretários Munici-

       pais...............................................................................................Comissão



3 – Projeto de Lei nº 1212/2012 – Movimentação das Fontes de

     Recursos ................................................................................... Executivo



4 – Emenda Aditiva Nº 01/2012 ao Projeto de Lei nº1212/2012 –

       Movimentação das Fontes de Recursos ..................................  Vereadores



5 – Parecer da Conjunta de Comissões referente ao Projeto de Lei

     Nº 1212/2012 – Movimentação de Fontes de Recursos ..........  Comissão



6 – Indicação nº 7/2012 – luminárias e lâmpadas ........................... Ver. Jovane

     Indicação nº7/2012 – poste e luminárias ................................. Ver. Paulo Henrique



PAUTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO DIA 23 DE JULHO DE 2012



ASSUNTO.......................................................................................... AUTORIA

1 – Projeto de Lei nº 2012/12 – Movimentação de Fontes de

      Recursos – com parecer da Conjuntiva de Comissões .............   Executivo

2 – Projeto de Lei nº 1213/2012 Autoriza abertura de Crédito Adi-

      cional Especial – com parecer da Conjunta de Comissões........    Executivo

3 – Leitura de ofício da AMM



O Quadro de Avisos no hall da Câmara Municipal continuam com as pautas sem nenhuma informação mais detalhada. Quando eu estava copiando manualmente, com minha caneta, anotando em uma folha de papel, em pé, notei que pelo menos o edital com os valores dos subsídios deveriam estar ali fixados. Mas nada. Perguntei a um vereador, que se encontrava em sua sala pelos valores e fui informado do seguinte:



Subsídios aprovados pelos vereadores e que aguarda a sanção do Prefeito Municipal para o ano de 2013:

Prefeito– R$ 9.750,00

Vice-prefeito– R$ 3.102,00

Vereadores e secretários municipais – R$ 2.500,00



A partir de janeiro do próximo ano estes serão os "salários" do prefeitro, vice, secretários municipais e vereadores. A lei só aguarda passar pelas comissões e ter a sanção do Prefeito.

Eu notei ( e anotei ) também que no quadro tem ainda Informações do ano passado com datas de 7 de janeiro e de 19 de maio e outros documentos aprovados e de 23 de março e do dia 20 de abril deste ano, sem contar licitações aprovadas até o mês de abril (embora já tenha havido diversas licitações depois deste período ). Tem ainda a Resolução Legislativa nº 04/2012 do dia 12 de junho que disciplina o pagamento do 13º subsídio do Prefeito, vice, secretários municipais e vereadores em duas parcelas, a primeira em junho e a segunda em dezembro/2012. Tem ainda o Decreto nº 70/2012 que decreta os dias de Exposição ( 26 a 29 de julho/2012) como Pontos Facultativos, estendendo o período até as 12 horas do dia 30 de julho/2012.

Eu aproveitei e dei uma passadinha pelo hall da Prefeitura Municipal e dei uma olhadinha no Mural (Quadro de Avisos e de Editais ) do Poder Executivo e tirei esta foto que ilustra esta matéria. O interessante é que não estão aí todas as informações importantes e realmente que interessam os contribuintes e para ver os decretos e editais é preciso folhear as edições do Diário Oficial do Município que não precisaria estar em exposição todos eles. Bastaria expor os Decretos e as demais informações obrigatórias e os últimos exemplares.

E o site da Prefeitura? Será que já está no ar? Até a data de hoje (31/07/2012) está lá na WEB, no www.recreio.mg.gov.br , apenas o aviso INDISPONÍVEL DEVIDO AO PERÍODO ELEITORAL . Veja nosso comentário a respeito na página 4, desta edição.

É, pelo que se pode notar é que tanto o Poder Executivo como o Poder Legislativo recreienses não estão nem aí pra nova Lei de Acesso à Informação ( LEI 12.527/2011) QUE PASSOU A VALER A PARTIR DO DIA 16 DE MAIO DESTE ANO que obriga a divulgação, a prática de transparência dos atos públicos, através da internet e de espaço físico (sala e infraestrutura) com funcionários específicos para atender a demanda de direito dos cidadãos ás informações. Até agora nada .

Bem, até a próxima oportunidade.

Marco A. W. Freitas


OJR,M - Julho,2012 - p 1


Ary Guilherme Ferreira

            Ary Guilherme Ferreira ,  filho de João Guilherme(i.m.) e Prazires Ferraz Guilherme(i.m) , reside no Rio de Janeiro e é casado com Marlene Maria Moraes Ferreira. Autor do livro de crônicas Mineiro Maneiro, lançou sua obra no dia 28 de junho/2012 , em nossa cidade, na Loja Maçônica Recreio Unido Nº 34.

O autor, médico há 50 anos, foi um dos primeiros recreienses a se formar na profissão. É pós- graduado em Otoneurologia  (PUC) , parapsicólogo clínico do sistema Grisa e membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões,  está doando toda a renda da venda dos livros para a APAE de Recreio, sua terra natal. Quem quiser adquirir o exemplar e ajudar a APAE é só entrar em contato com o  autor pelo e-mail aryguilherme@uol.com.br .(Fonte: jornal Pólis, Leonardo Ribeiro ) - (foto 2 :Familiares do autor durante o lançamento )

FOTOS: Márnio Jatobá

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

OJR,M JULHO 2012 página 2


Certo E   errado

Um orelhão em frente à agência dos Correios instalado de forma correta, não atrapalhando os transeuntes, mas com um inconveniente NÃO FUNCIONA .Falta o aparelho telefônico, portanto sem nenhuma utilidade. Ou tem pra quando alguém quiser  esconder da chuva e assim usar o celular?(kkkkkkkkkk)

A poucos metros dali, no passeio do prédio da Prefeitura Municipal, dois orelhões em posição inadequada, atrapalhando a passagem das pessoas que tem que se desviar com a cabeça pra não levar uma bordoada. Quem tem chifre deve ter mais dificuldade ao passar. (kkkkkkkkkkk)

Falar em orelhão diversos pontos na cidade estão com orelhões sem funcionar e dos poucos que estão em condições de atender o público, ainda tem aqueles que deixam o usuário na mão.



OJR,M JULHO 2012 - página 2

AVISO DA ENERGISA DEVIA TAMBÉM SER DIVULGADO EM POSTES DE RECREIO

            A ENERGISA , atual empresa responsável pelo fornecimento de luz e energia para o município devia também em Recreio, no período de desligamento prolongado da energia elétrica , publicar nos postes das ruas onde haverá a ocorrência AVISOS impressos a exemplo do que faz em outras cidades  da nossa região, também servidas pela concessionária. O aviso informa os horários,  dia e as ruas onde ocorrerá o corte do fornecimento.

            O aviso traz ainda que o procedimento é para manutenção na rede elétrica e garantir a qualidade da distribuição de energia. E ainda lembra :  confira a programação e em caso de dúvida entre em contato com o Call Center da ENERGISA  pelo telefone 116 ou 0800 032 0196.

            A EMPRESA , quando ocorre o corte, usa a Rádio Comunitária local. O procedimento do uso dos postes é o mais viável para atingir a todos os consumidores.  



OJR,M JULHO 2012 página 2

O MUNDO MARAVILHOSO DOS QUINTAIS

Armando Sérgio Mercadante


Passei parte da minha infância brincando no quintal da minha casa dividindo o espaço com frangos, galinhas chocas, pintinhos, patos, marrecos, porcos engordados no tradicional chiqueiro, cabritos, árvores frutíferas e hortas. Caçar minhocas para servirem de iscas nas pescarias era divertido. Ver jararacas, jaracuçu, cobra coral, cobra cipó, cobra de duas cabeças, aranha caranguejeira sendo caçada pelo marimbondo cavalo e o revoar dos bitus e tanajuras faziam parte do cotidiano. Descalço trajando apenas um calção dava asas a minha imaginação e o quintal se transformava na selva onde morava nosso herói Tarzan com sua macaca Chita.  Construíamos nossos brinquedos: atiradeiras, carrinhos de rolimã, arcos e flechas, papagaios, revolveres ,espadas, facões de madeira dentre outros que não me recordo.
            Quando chegava o dia de matar o porco, engordado com lavagem, a família – principalmente as mulheres - se reunia para participar do cerimonial. Na hora de matá-lo escondia atrás de uma árvore, fechava meus olhos e tapava os ouvidos com as mãos.  Quando chegava a hora de abrir o porco, tirar a barrigada, separar as peças de carnes, fazer o chouriço, a lingüiça os miúdo e o torresmo que eram fritos num tacho, olhava espantado. Minha boca enchia de água na espera de um pedaço de torresmo. Hoje os quintais transformaram-se num pedaço de terra sem vida. Os frangos, ovos, legumes, verduras, lingüiça, chouriço e carne de porco são comprados nas quitandas e açougues.
            As crianças atualmente vivem confinadas em “gaiolas” que recebem o pomposo nome de apartamentos. Mesmo os condomínios que possuem playground, apesar do nome importante, não chegam aos pés de um simples quintal. Os brinquedos e jogos eletrônicos podem até desenvolver o raciocínio em contrapartida embotam a imaginação que é o combustível da criatividade. Sobre o assunto o jornalista Antônio Carlos Tórtoro escreveu: “A imaginação nos possibilita trabalhar e combinar idéias e fatos conhecidos e gerar, assim, novas idéias. A imaginação permite a criação de idéias e está associada intimamente a capacidade de criação (...)”. O Pediatra Douglas Lourenço, de Juiz de Fora, em seu artigo A RUA ARAGÃO NOS TEMPOS DAS RADIONOVELAS, publicado no Fanzini MAR DE MORROS, escreveu: “Nós crianças na época, herdamos um pouco do espírito criativo das radionovelas e das traquinagens de Jerônimo e Moleque Saci. Assim crescemos audaciosos e felizes! Pelas radionovelas recebíamos o combustível da criatividade: a imaginação!”.
            Construíamos nossos papagaios (os meninos cariocas falavam pipas e guris) com papel de seda, varetas de bambu, linha de costura para o cabresto e o grude que a mamãe fazia.  Sem falar na atiradeira.  Tínhamos uma participação ativa nos brinquedos. O contato dos pés descalços com a terra era saudável. Hoje alguns Pediatras, para escândalo de algumas mães, sugerem vitamina “S”, de sujeira, para aumentar a resistência que é obtida pelo contato das mãos e pés da criança com a terra. De vez em quando pisávamos num caco de vidro ou num prego. Hora de ir para a farmácia para fazer o curativo ou “costurar” o corte e tomar a injeção antitetânica.  Que tortura meu Deus! Pediatra? Éramos imobilizados e ia sem anestesia mesmo. Pediatra não fazia parte do nosso mundo.
            Coisas do passado? Saudosismo inútil? Ou na encruzilhada entramos pelo caminho errado para não dizer pelo cano. Tem como reverter essa situação?
            PARA REFLETIR: “Vivemos agora um tempo de “pouco pai, pouca mãe e pouco espaço”. Pouco pai: porque o pai é o Provedor do Lar e são muitas as horas que se ausenta para trabalhar. Pouca mãe: porque a mãe não é mais a mesma “Rainha do Lar” ou a “Mulher Maravilha”, sendo também Provedora do Lar e se ausentando para cumprir sua missão moderna. Por causa disto, há até quem diga que a educação das crianças de hoje foi terceirizada! Pouco espaço porque no mundo moderno ou nas grandes metrópoles nossas crianças não têm mais quintal ou rua para brincar. Brincam num quarto de 2 ou 3 metros quadrados  ou se isolam num espaço ainda menor: as 15 polegadas de um monitor de computador.
                O hábito de viver em apartamentos, apesar dos playgrounds, aumentou e muito o nível do stress infantil: “porque se a criança não se quebra por fora, se arrebenta toda por dentro. A verdade é que um quintal faz milagres". (Dr. Douglas Lourenço)

O jornalista Edi Prado enviou e-mail comentando o artigo do Armando. Confira
08-AGOSTO-2012

Voo rasante nos quintaisÉdi Prado - Macapá-Ap

O Dr. Douglas Lourenço tem cara de menino de quintal. Tem o olhar duplo: um na traquinagem e outro na mãe, para não ver nem saber o que ele estava aprontando. Eu falo assim com toda essa segurança porque eu fui ele ontem nos quintais de minha casa e os dos vizinhos, sem cercas nem arames farpados. E se tivessem ambém, seria o mesmo que não ter. Para moleque que se preza, não existe obstáculo que não possa ser superado.

Lembranças, apenas lembranças de casas com quintais e moleques travessos com cara de anjos. Falam em avanço da modernidade, tecnologia, falta de espaço, crescimento da população. Tudo desculpas esfarrapadas.
Porque, ao invés de construir playgrounds, os prefeitos,que também foram moleques deste tempo de aventuras, deveriam preservar as reservas naturais e dar esse pomposo nome com as velhas aventuras dos tempos idos.
Assim, preserva a natureza, promove o contato direto com os segredo dos quintais com toda a fauna e flora, típicas dos quintais e restaura a vida de meninos fortes, sadios, cheios de vida e deixa os botões dos vídeos games e outros brinquedos modernos , para quando retornarem das escolas e outros afazeres de menino.
Creio que assim, os hospitais nem precisam cuidar de tantas doenças causadas pela obsidade e sedentarismo. No máximo alguns esparadrapos, rifocina, mertiolate ou até mesmo algumas gotas de limão para estancar o sangue e restaurar os tecidos com rapidez e segurança.
Pode ocorrer quebrar alguns ossos, mas isso só reforça o esqueleto. Onde quebrou não quebra mais. A cola natural reforça o osso molenga. O Dr. Douglas Lourenço sabe bem como equipar um pronto atendimento para moleques de quintais. Ele tem pósgraudação nessa área.
Existem textos tão inocentes que nos levam num voo rasante pelo passado do tempo em que as crianças dispunham de quintais. E sem perceber, fiquei tocando numa tatuagem natural 'desenhada' pela queda de um jambeiro.

Leia AQUI CRÔNICAS, CONTOS DE EDI PRADO


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

OJR,M JULHO 2012 página 3

                                                                                 
Pensando em Recreio e nas Eleições

                                                                               Lenira Rocha Peres Mercadante


            Quem já viveu a experiência de estar fora de Recreio em meio à multidão de pessoas estranhas e encontrar um recreiense? É uma sensação gostosa, ficamos alegres e nos sentimos bem. Estamos ligados sim a nossa terra, às nossas raízes, sentimos saudades e queremos noticias.

            Tentarei levar até esses recreienses distantes algumas noticias para amenizar a saudade e proporcionar um pouco de alegria. Nossa Recreio continua acolhedora, alegre e cada vez mais animada. A sua simplicidade de cidade do interior é responsável pela animação de todos e da qualidade de vida que levam. Cidade pequena onde princípios e valores ainda existem. Gente boa que sabe acolher a todos com carinho e muito amor. Só mesmo aqueles que já viveram essa vida e depois passam a morar em grandes metrópoles onde a vida esta ficando cada vez pior devido ao crescimento da população, do numero de veículos, barulhos, vida de apartamento, vizinhos que mal se conhecem, violência, assaltos, medo e insegurança. Ninguém tem mais segurança e nem tranqüilidade. Só quem já viveu a tranqüilidade que Recreio oferece é capaz de valorizá-la e perceber que os encantos das grandes cidades têm o preço da intranqüilidade.  Estes sabem o valor da nossa terra e quanto ela nos oferece de bom.

            Nossa terra esta cada vez melhor. Um povo animado que gosta das coisas simples do interior, como festas juninas e julhinas, com muitas delicias e gostosuras. Barraquinhas, leilões, chocolate com quentão, cachorro quente, canjiquinha, salgadinhos, bolos e doces e a tradicional dança da quadrilha. Sem falar das excursões que fazem sempre promovidas pela Melhor Idade que oferece também Forró todos os sábados e jantares com musica ao vivo.

            Temos também lugares de lazer que se destacam pela beleza e organização. A Cachoeira dos Monos que recebeu um trato todo especial pelo novos donos oferecendo mais alegria e conforto para os freqüentadores e visitantes e funciona também à noite onde se realizam shows.

            O Colina e Social são clubes muito freqüentados oferecendo lazer e tranqüilidade para seus sócios. Para se fazer um programa existem vários lugares: pizzarias, pastelarias, porções de salgadinhos, deliciosos cachorros quente e outras iguarias.

            A Praça Américo Simão tornou-se ponto de encontro de amigos para uma cervejinha, colocar a conversa em dia e assistir jogos pela TV.

            O progresso está chegando embora em passos lentos. Considerando a idade de Recreio e comparando-a com outras cidades do mesmo porte , tivemos  avanços como as casas populares, creche, ruas muito limpas, telefonia celular e outras melhorias de grande importância. Mas a área de saúde esta deixando muito a desejar. Saúde é vida. Como se vive tranqüilo sem recursos nesta área? É preciso melhorar. RX só a partir das 15 horas nos dias úteis.  Quem não tem recurso tem que esperar. Reconheço que esta situação está precária em vários lugares, mas é necessário no programa de governo dar prioridade à saúde.  As eleições estão chegando e é hora de muita reflexão na escolha dos candidatos . É grande a nossa responsabilidade nessa escolha. Escolher sempre aquele que sabe administrar com honestidade e que seus projetos estejam voltados para o bem-estar do povo e não de um pequeno grupo de privilegiados. Que não usem a política para benefícios próprios.

            Já conhecemos o trabalho dos que foram prefeitos de Recreio. É só fazer um balanço do que foi feito e analisar com consciência crítica. Quanto a candidatos que nunca ocuparam o cargo de prefeito e vereador, é importante que procuremos neles algumas qualidades como: capacidade administrativa, honestidade, plano de governo que privilegie as necessidades de Recreio e que na realidade visem o bem comum. Que trabalhem pelo povo, pela nossa Recreio.  

OJR,M edição Julho/2012 página 3


Recreio de Boa Memória (*)

O FESTIVO DIA 27 DE JUNHO

                                                                                     Por A de Antônio

Recreio,MG (Zona da Mata), 246 quilômetros quadrados, limites com Leopoldina, Laranjal, Palma, Pirapetinga e Estado do Rio de Janeiro, em 176 metros de altitude. Sua origem foi no atual distrito de Conceição da Boa Vista onde viveram os primitivos habitantes. A localidade, com o nome de Nossa Senhora da Conceição da Boa Vista, passou a ser distrito de Mar de Espanha pela Lei Estadual nº 533 (10.Out.1851) e depois  foi transferido para o Município de Leopoldina em função da Lei nº 666, de 27 de abril de 1854. Aí sim considero o início de nossa história.

Diz registro histórico que entre 1870 e 1874 com a cessão de terras de fazendeiros do município foi construído o ramal ferroviário que contribuiu em muito para que a localidade prosperasse mais rapidamente que as outras da região. Sabe-se que o nome Recreio originou-se da Estação Ferroviária de Recreio que por sua vez recebeu tal denominação por ter sido construída dentro da Fazenda do Recreio e pelo fato de que por determinação do Capitão Inácio Ferreira Brito, proprietário daquelas terras deveria ser escrito, com destaque, na fachada do prédio da estação, a palavra RECREIO . A Fazenda do Recreio recebera esse nome por que ali paravam os tropeiros para descanso e recreação.

Pelo Decreto Estadual nº 123, de 27 DE JUNHO DE 1890, o governador João Pinheiro da Silva elevou Recreio à categoria de Distrito de Leopoldina. Na atual Administração Pública Municipal, talvez por uma necessidade caprichosa, foi sancionada uma lei para comemorar esta data todo dia 27 de junho, o que na minha opinião ,  e acredito na opinião de muitos outros , é desnecessária pois no caso comemora-se apenas uma aceitação de distrito de uma outra localidade e assim confunde com a verdadeira data que realmente fez surgir um município que é  a do dia 17 de dezembro de 1938 quando o governador Benedito Valadares Ribeiro, por força do decreto lei 148 transformou o  então distrito em Município de Recreio, com a participação dos distritos de Conceição da Boa Vista  e São Joaquim ( hoje Angaturama ), desmembrando-se do município de Leopoldina .

Aproveito para sugerir aos representantes dos Poderes Executivo e Legislativo que renovem, revitalizem o que provavelmente já se perdeu nos anais da Prefeitura, a lei que criou a verdadeira data do aniversário do município, esta sim de grande significado histórico, social, e de reconhecimento, resgate de nossa principal memória que é o DIA PRIMEIRO DE JANEIRO, que vai lembrar-nos sempre do Dia Primeiro de Janeiro de l939 quando foi assinada a Ata da Criação do novo município.

     Mas questionamento a parte o que se tem a parabenizar é o calor, o entusiasmo, a vibração com que as escolas, outros órgãos, entidades e outros grupos representativos da nossa comunidade participam desta comemoração do dia 27 de junho com a passeata, culminando com o encontro apoteótico na praça central da cidade . Este ano o tema dos festejos foi a preservação do meio ambiente que foi muito bem apresentado.

Uma pena que muita gente deu todo esse seu entusiasmo achando que comemorava-se a data certa da criação do município e não apenas de que era uma data apenas da criação do distrito. E ainda não se pode esquecer que existe uma Lei, provavelmente também perdida nos anais da Prefeitura e da Câmara que determina que a Festa da Fundação do Município seja no último sábado de julho, data em que é realizada a grande festa da Exposição. Mas isso aí já é outro assunto.

Ainda bem que o título desta seção é Recreio de Boa Memória. Será? Pelo menos o nosso projeto tem esse objetivo...

(*) Recreio de Boa Memória – projeto/programa criado por MAWF , na Campanha década de 1990 pela ARPC-Rádio Comunitária 106,5.











Participe na internet do projeto RÁDIO FM 106,5 – NOSSA COMUNITÁRIA - http://106-5.webnode.pt/